Nossos Dogues Pretos


Quando decidimos criar não só arlequins mas também Dogues de cor preta, optamos por trazer uma fêmea da Itália, Dona Flor di San Filippo, do canil de Amélia Murante, juiza-criadora e hoje presidente do Clube Italiano do Dogue Alemão (ou "Alano", que é como os italianos chamam o Dogue).

Essa linhagem excepcional, que deu origem a vários Campeões Mundiais, pode ser conhecida através do livro "L'alano" (Editora De Vecchi) que Amélia, veterinária de profissão, escreveu sobre o Dogue.

Logo depois trouxemos Tino, filho do campeão norte-americano Hauerdane Mr Coffee e neto do Dogue preto que mais venceu nos Estados Unidos até hoje, o campeão Primo D'Aquino.

Tino foi o nosso primeiro Campeão Mundial, em 2004. No mesmo ano, um filho seu, Nero do Alto Gávea, ganhou o título de Campeão Mundial Jovem.

Una do Alto Gávea, filha de Tino e neta de Dona Flor di San Filippo, é uma das cadelas mais premiadas do nosso canil. Têm hoje 11 anos e está em excelente saúde.

Hoje, essa tradição continua. Lola do Alto Gavea, neta de Tino, ganhou a Exposição Pré-Nacional de 2016 aos 11 mêses de idade, e lidera o ranking de Jovens Dogues nessa data (Out 2016). Sua irmã Carioca do Alto Gavea, exportada para os EUA, está vencendo com constância nos Estados Unidos, com pouco mais de um ano de idade. Carioca acaba de tirar o Segundo lugar na Nacional norte-americana de 2016 na categoria "Open Black Females".

Carioca do Alto Gavea
Carioca do Alto Gavea
Dona Flor de San Fillipo IT "Dona Flor"
Hauerdane's Val'N'Tino of Gavea US "Tino"
Nero do Alto Gávea "Nero"
Una do Alto Gavea "Una"
Lola do Alto Gavea "Lola" #1 Dogue Alemão Junior Ranking 2016